Reunião do Governador com Presidentes Zonais reforça o pacto de união do PSB com o Governo do distrito Federal. | PSB DF
Fechar

psb40df@gmail.com (61) 99352-2526

Reunião do Governador com Presidentes Zonais reforça o pacto de união do PSB com o Governo do distrito Federal.

Encontro marca a união entre partido e governo na formulação e implementação de políticas públicas para o Distrito Federal.

IMG-20160112-WA0004

Promover o espírito de ações coletivas e alinhadas dentro do partido e dar continuidade ao Programa de Governo são objetivos centrais colocados na pauta diária do trabalho que vem sendo realizado em conjunto pelo PSB e o governador Rodrigo Rollemberg.

Em reunião realizada terça feira (dia 12) pela manhã na Residência Oficial em Águas Claras, os representantes das zonais, juntamente com o presidente do PSB/DF, Antônio Fúcio e dirigentes locais, fizeram um balanço das ações executadas nesse primeiro ano de governo da legenda no DF. Apesar de ter sido um ano de “ajustar a Casa”, como disse o governador, na sua avaliação “o ano de 2015 conseguiu terminar melhor do que começou”. Com uma atenção maior à segurança pública, o que provocou redução na taxa de homicídio (considerado o menor índice na série dos últimos 20 anos) e com a melhoria na infra-estrutura de cidades como na região do Sol Nascente, além de outras ações de transparência nas contas públicas, o GDF alcançou avanços importantes no primeiro ano de governo. E governar em conjunto com o partido e fortalecer o entrosamento com as lideranças foi um dos pontos mais abordados no encontro.

12443498_10201263686789906_1144208910_o

Estreitar a comunicação entre o chefe do governo e a legenda, de maneira que possa ter mais participação dos correligionários na formulação de políticas públicas para o DF, foi uma crítica colocada em destaque pelos representantes das zonais. A burocracia – mecanismo imposto pelo Estado – dificulta um desempenho mais ágil na execução dos trabalhos do dia-a-dia e os representantes das regiões estão em busca de soluções e de respostas mais rápidas para as demandas encaminhadas pela população junto às administrações regionais.

Os presidentes das zonais demonstraram ter plena consciência das dificuldades que o governo enfrentou no primeiro ano, e afirmaram que o principal compromisso deles é para que o governo dê certo. Isto foi ressaltado fortemente pela maioria dos presidentes. Para eles, há necessidade de cobrar compromisso dos agentes que desempenham ações realizadas nas regiões e que têm impacto imediato na população. Assim, colocando, em setores sensíveis da administração pública, como nas administrações, regionais de educação e diretorias de saúde, pessoas que conheçam in loco os problemas das regiões administrativas. Em resumo: desempenhar o compromisso partidário de viabilizar os projetos colocados no Programa de Governo.

1 Comentário

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *

  1. Rócio Barreto jan 14, 2016 - 03:21 PM

    Muito boa materia.

    Responder