Fechar

psb40df@gmail.com (61) 99352-2526

Câmara aprova prosseguimento do processo de impeachment no Senado

PROCESSO DE IMPEACHMENT DE DILMA

A Câmara dos Deputados aprovou neste domingo (17), por 367 votos a favor, 137 contra e sete abstenções, a abertura do processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff. Caso o Senado também admita o processo, a presidente será afastada.

A chamada dos deputados seguiu uma ordem de alternância entre bancadas do Norte e do Sul. Dentro de cada estado, a chamada era por ordem alfabética. A primeira bancada a votar foi a de Roraima, seguida pela do Rio Grande do Sul. A última foi a de Alagoas.

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, acompanhou a sessão da Câmara dos Deputados que
vai decidir a admissibilidade do pedido de impeachment da presidente Dilma Rousseff.
Siqueira se reuniu com deputados no plenário antes do início da votação.

Os senadores podem agora manter a decisão dos deputados e instaurar o processo ou
arquivar as investigações, sem analisar o mérito das denúncias.

Na última segunda-feira, a Executiva Nacional do PSB aprovou a orientação favorável ao impeachment.
Em nota, o partido afirma que o relatório apontado pela Comissão Especial do Impeachment constata
crime de responsabilidade cometido pela presidente Dilma Rousseff.

A Bancada do Partido Socialista Brasileiro (PSB) na Câmara dos Deputados decidiu no 11 de abril,
em reunião com a Presidência Nacional da Legenda, apoiar o processo de impeachment da presidente Dilma Rousseff.

O PSB tem se posicionado de forma cristalina perante à sociedade,sua militância e seus dirigentes, diante do país,
sobre a instalação de uma crise sem precedentes,que sabidamente antecede o segundo mandato da atual Presidente,
mas que encontra nele e particularmente na eleição que lhe deu causa, a sua culminância.

“Vencemos uma etapa importante e esperamos que o resultado deste domingo tenha efeito imediato, com o comprometimento do Senado Federal em dar celeridade ao processo, colocando um fim a este período de instabilidade no país”, disse o presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira. “A sociedade está cansada da discussão interminável em torno do impedimento da presidente e espera que os agentes políticos se voltem para a busca de soluções de problemas urgentes, como a retomada do desenvolvimento e a recuperação do emprego e da renda. É hora de pensar no Brasil.”

 

psb camara.

Fonte: G1.globo.com/www.psb40.org.br

 

0 Comentários

Deixe uma resposta

Seu email não será publicado. Campos obrigatórios estão marcados com *